2021-07-01
“Beliche” no centro de detenção. Esboço de um prisioneiro político.

De acordo com as informações do centro de direitos humanos Viasna, ao longo do mês de junho, continuaram as detenções de participantes em manifestações pacíficas em Belarus, bem como detenções arbitrárias de cidadãos por usarem símbolos de cores branco, vermelho e branco, inclusive em residências privadas. No total, em junho, há informações sobre a detenção de 246 pessoas e a imposição de pelo menos 94 prisões com duração total de 1477 dias.

Durante o mês, os tribunais julgaram pelo menos 125 pessoas em casos criminais de motivação política. O monitoramento dos julgamentos conduzidos por voluntários e advogados do Viasna revelou inúmeras violações dos princípios de um julgamento justo. De particular preocupação são os numerosos registros de maus tratos e condições desumanas de detenção nos centros de detenção provisórios e prisões. Eles são considerados por especialistas em direitos humanos como tortura.