2022-03-29
Беларусские добровольцы в Украине.

De acordo com Nasha Niva, quatro grupos armados belarussos estão operando ou em processo de formação na Ucrânia. Dois deles vêem como seu objetivo final a libertação de Belarus. O processo de formação de um dos grupos é amplamente divulgado, enquanto que o mais significativo está sendo formado em sigilo.

A unidade mais conhecida é o batalhão Kastus Kalinouski. Sua liderança consiste de belarussos treinados no regimento ucraniano Azov, conhecidos por sua eficácia em combate, bem como por sua reputação controversa. Vários pelotões do batalhão de Kalinouski foram recentemente transferidos para o comando das forças armadas ucranianas, e é provável que o resto do batalhão faça o mesmo no futuro próximo. Isso foi exigido pelos serviços especiais ucranianos para evitar o “atamanismo”.

A menor formação de belarussos foi reunida por um antigo membro de Azov, Siarhei “Maliuta” Karotkikh. Inclui os torcedores do futebol belarusso. Eles estão sediados em Kyiv e participam das hostilidades.

Outro grupo armado de belarussos, composto de várias dezenas de homens, serve na defesa territorial de Odessa. O grupo armado mais significativo de belarussos pode se tornar um batalhão, que está em processo de formação e que inclui ex-combatentes das forças de operações especiais belarussas. Ela operará sob o comando da Legião Internacional, como parte das forças armadas ucranianas. Ainda não há informação pública sobre isso. Talvez essa unidade receba armas modernas, que o exército ucraniano possui, mas o belarusso não. Os combatentes belarussos que se alistam no exército ucraniano querem principalmente ajudar a Ucrânia a repelir a agressão russa.