2022-03-04
Foto ilustrativa

Em uma das escolas de Babruisk, uma professora de história foi detida na escola por usar fita azul e amarela em seu cabelo. É relatado que a professora de matemática viu a decoração na cor da bandeira ucraniana no cabelo da colega e relatou o caso ao diretor. Depois disso, a administração chamou a polícia de choque e a professora foi imediatamente detida na frente das crianças. O julgamento acontecerá no dia 9 de março e a mulher provavelmente passará os dias anteriores ao julgamento em um centro de detenção temporária.

Quaisquer manifestações de solidariedade com o povo ucraniano são punidas pelo regime de Lukashenka. A quantidade das pessoas detidas por se manifestarem contra a guerra aproxima-se a um mil. De acordo com vários relatos, elas frequentemente são espancados durante a detenção e nem sequer recebem comida na cela.