2021-06-08
Palina Sharenda-Panasiuk.

Outras 12 pessoas foram condenadas no “caso da dança de roda”. Elas receberam de 1,5 a 2 anos de campo de trabalho forçado. Três delas foram detidas em um centro de detenção provisória antes do julgamento e foram liberadas no tribunal. Este já é o quarto processo do “caso de dança de roda”, em que são quase 60 acusados.

Por insultar Lukashenka, o tribunal sentenciou um morador de Minsk ao tratamento obrigatório em um hospital psiquiátrico.

Em Brest, foi iniciado o julgamento no caso de Palina Sharenda-Panasiuk. A ativista ganhou o apelido Jeanne d’Arc de Brest. Ela é acusada de insultar Lukashenka e os policiais e de ameaçar com violência. A acusação estatal pediu 2 anos de prisão para Palina Sharenda-Panasiuk.