2021-07-02

Em uma reunião solene em homenagem ao Dia da Independência, Lukashenka anunciou a divulgação de várias conspirações no âmbito de uma “operação antiterrorista em grande escala”. As intenções dos atacantes supostamente incluíam um atentado contra a vida do apresentador do canal de TV estatal STV Ryhor Azaronak e a explosão da estação de comunicação da Federação Russa, em Vileika. Lukashenka também disse que decidiu entrar com uma ação contra a chanceler alemã Angela Merkel, mas não especificou o motivo.

Além disso, ele instruiu os guardas de fronteira a bloquear completamente a fronteira com a Ucrânia, de onde, de acordo com ele, vem “uma grande quantidade de armas”. Na Ucrânia, em resposta relataram que o lado ucraniano ainda não recebeu notificações oficiais sobre o fechamento da fronteira com Belarus.