2022-01-10

A empresa norueguesa de fertilizantes Yara International anunciou que encerrará as compras de potássio da estatal Belaruskali até 1º de abril de 2022. O comunicado da empresa diz que os efeitos na cadeia de suprimentos devido às sanções internacionais impossibilitaram a continuidade do comércio.

Sviatlana Tsikhanouskaya reuniu-se repetidamente com o CEO da Yara, Svein Tore Holsether, e discutiu a situação desastrosa em relação aos direitos e liberdades dos trabalhadores na Belaruskali. A líder da oposição belarussa também compartilhou materiais que comprovam o envolvimento direto da administração de Belaruskali na fraude eleitoral de 2020. No entanto, o CEO disse que seria melhor tomar todas as medidas possíveis para melhorar a situação de segurança do que deixar Belarus e não ter mais influência. Tsikhanouskaya também discutiu o assunto com a ministra das relações exteriores da Noruega, Anniken Huitfeldt.

Representantes da diáspora belarussa regularmente faziam piquetes em frente dos escritórios da Yara em Londres, Szczecin, Vilnius e outras cidades, protestando contra a cooperação da empresa com a Belaruskali.