2022-09-12
Тихановская и Арестович в Вильнюсе 8 сентября 2022 года. Источник: t.me/tsikhanouskaya

A líder da Belarus democrática, Sviatlana Tsikhanouskaya, reuniu-se com Oleksiy Arestóvych, Conselheiro do Gabinete do Presidente da Ucrânia, em Vilnius, onde ele chegou, entre outras coisas, para participar dos eventos que marcaram o 508o. aniversário da Batalha de Orsha, no dia 8 de setembro.

Tsikhanouskaya agradeceu a Arestóvytch pelo seu apoio ao povo belarusso. Em resposta, ele disse que “seria um erro imaginar pessoas belarussas como incapazes de resistir”. Durante a conversa, Arestóvytch disse ter compreendido bem a situação em Belarus e enfatizou o papel da resistência clandestina. Ele também salientou que o povo ucraniano sabe que ações de Lukashenka não representam a vontade do povo belarusso. Oleksiy Arestóvych assegurou a Sviatlana Tsikhanouskaya que nenhum míssil ucraniano cairia em território belarusso.

Os políticos discutiram o papel do representante para os assuntos belarussos na Ucrânia, que defenderia os interesses dos belarussos no governo, e a sincronização da agenda dos dois países, para que uma Ucrânia livre e uma Belarus democrática falassem a uma só voz.

Em maio deste ano, um escritório oficial de representação de Sviatlana Tsikhanouskaya foi criado em Kyiv para estabelecer contato com as autoridades ucranianas e proteger os interesses dos belarussos, dos quais cerca de 50.000 vivem na Ucrânia. A embaixada de Lukashenka deixou Kyiv logo após o início da guerra.