2021-07-28
Sviatlana Tsikhanouskaya e Joe Biden.

Sviatlana Tsikhanouskaya encontrou-se com o presidente dos EUA, Joe Biden, na Casa Branca.

Tsikhanouskaya compartilhou suas impressões desta reunião:

“Estando na Casa Branca na frente de repórteres, tentei entender meus sentimentos depois de me encontrar com o presidente Biden. Mas não estou sozinha aqui. Comigo estão 36 mil pessoas de Belarus que passaram por prisões e torturas. 10 delas morreram. Mas todas elas falaram com a minha voz nesta reunião.

Como uma belarussa, estou orgulhosa do meu povo, que se rebelou contra o regime e se opõe a ele há um ano.

Como uma política, estou feliz por ter esta reunião. O presidente Biden disse que o mundo continua a lutar entre a autocracia e a democracia. E vocês sabem que Belarus está na vanguarda dessa luta. Portanto, pedi ao presidente Biden que nos ajudasse a fazer de Belarus um exemplo bem-sucedido de transição não violenta para a democracia.

Deixo a Casa Branca com a confiança de que a voz de milhões de pessoas em Belarus foi ouvida:

  • A revolução belarussa não está relacionada à geopolítica. Esta é a escolha democrática do povo belarusso, e o dever moral dos Estados Unidos é nos apoiar.
  • A soberania de Belarus não está sujeita a discussão e negociação. Quaisquer acordos assinados pelo regime ilegítimo são ilegais.
  • A solução para a crise só pode ser novas eleições livres sob controle internacional. E todos os presos por motivos políticos devem ser libertados incondicionalmente.
  • A crise em Belarus deve ser incluída na agenda internacional, na ONU e na OSCE, e todos os responsáveis devem ser levados à justiça em tribunais internacionais.

Como esposa do prisioneiro político Siarhei Tsikhanouski, sinto dor por ele e milhares de pessoas não poderem compartilhar este momento comigo. Mas tenho certeza que eles saberão desta reunião. E saberão que estamos lutando por eles.

Como mãe de um filho e uma filha, só espero que me entendam e me perdoem pelo fato de que nesses momentos sua mãe nem sempre estava com eles. Não importa quanto tempo e esforço o caminho de Belarus para a liberdade exija, estou pronta para percorrê-lo junto com o povo belarusso. E agradeço ao presidente Biden por nos apoiar neste caminho”.

Depois do encontro, Biden escreveu no Twitter: “Tive a honra de conhecer Sviatlana Tsikhanouskaya na Casa Branca esta manhã. Os Estados Unidos apóiam o povo de Belarus em sua busca pela democracia e pelos direitos humanos universais”.