2022-02-12
James Lankford, imagem de acervo.

O senador estadunidense James Lankford apresentou a Lei de Responsabilidade por Agressão de Belarus ao Senado para impedir Belarus de permitir que a Rússia use seu território para invadir a Ucrânia. O projeto de lei colocaria sanções contra “Belarus ou qualquer país que ajude a agressão contínua e não provocada da Rússia à soberania e integridade territorial da Ucrânia”. O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, disse na semana passada que estima-se que a Rússia tenha 30.000 soldados, bem como forças de operações especiais Spetsnaz, caças SU-35, sistemas de defesa aérea S-400 e mísseis Iskander com capacidade nuclear em Belarus para exercícios militares conjuntos. Este é o maior destacamento russo em Belarus desde que o país se tornou independente, em 1991.

“Belarus está permitindo que milhares de tropas russas entrem em seu país para alinhar sua fronteira com a Ucrânia. Os EUA devem deixar claro que fortes sanções econômicas e diplomáticas serão aplicadas a qualquer país que apoie as tentativas da Rússia de invadir a Ucrânia”, disse Lankford. “É mais fácil parar uma guerra que nunca começou do que terminar uma guerra em andamento. Este é um forte posicionamento que os Estados Unidos podem adotar para combater a Rússia e Belarus, que continuam a ameaçar a independência da Ucrânia”.