2022-09-11
imagem de acervo, outubro de 2020. Fonte: Nasha Niva

O Centro de Direitos Humanos Viasna informa que, em agosto de 2022, pelo menos 98 pessoas, entre as quais 19 mulheres, foram condenadas em casos politicamente motivados.

Mais da metade das sentenças foram proferidas sob os chamados “artigos de difamação”, sobre “calúnia” de funcionários públicos. Ativistas de direitos humanos insistem há muito tempo para que tais artigos sejam retirados do Código Penal.

Nem uma única absolvição foi proferida pelos tribunais. 63 pessoas foram condenadas a um total de 223 anos e 10 meses de prisão. Os 35 restantes foram condenados a trabalho penitenciário. Como punição adicional, o tribunal ordenou a 11 pessoas o pagamento de multas no total de 89.600 rubels (cerca de 180.753 reais ou 35.034 euros).

Segundo Viasna, em 1º de setembro de 2022, havia 1.326 pessoas presas políticas nas prisões belarussas.