2021-11-17
Volha Harbunova.

Defensora dos direitos humanos belarussa Volha Harbunova foi detida em Minsk em 9 de novembro de 2021. Ela é a ex-chefe da ONG Radzislava, fundada em 2002 para ajudar e apoiar mulheres que sofrem violência doméstica e de gênero. Volha é acusada de organizar protestos em defesa dos direitos das mulheres no verão de 2020 em Minsk. Se condenada, ela pode pegar até três anos de prisão.

Parentes de Volha Harbunova não podiam passar para ela nada além de remédios – nem mesmo roupas quentes foram aceitas. Ao mesmo tempo, na cela, está frio não há colchões e cobertores nem itens de higiene. Harbunova está em greve de fome em protesto contra a sua detenção ilegal. O fato foi relatado pelo seu advogado, que exigia o encontro com ela há mais de uma semana.

A organização Front Line Defenders fez uma declaração exigindo que o regime belarusso liberte Volha Harbunova e ponha fim à perseguição a todos os defensores dos direitos humanos em Belarus.