2021-06-28
Julie Fisher.

A UE e os EUA não irão aliviar a pressão sobre as autoridades belarussas até que a situação política interna no país mude. Isso foi declarado pela chanceler alemã, Angela Merkel.

Por sua vez, o primeiro-ministro francês, Jean Casteks, observou que a França está pronta para apoiar sanções mais duras contra Belarus, se for necessário.

A embaixadora dos EUA em Belarus, Julie Fisher, por sua vez, também observou que, apesar da possível libertação de alguns ou mesmo de todos os presos políticos, é improvável que os Estados Unidos aliviem a pressão sobre o regime de Lukashenka.