2021-09-02
Foto tirada na cela do CID na Rua Akrestsina.

BYPOL, grupo formado por policiais belarussos que deixaram os órgãos de segurança para protestar contra o uso da polícia para reprimir protestos pacíficos, publicou uma nova investigação que revela os responsáveis pelas condições de detenção criadas em dezesseis nos CID para os prisioneiros políticos.

As ordens criminais, na conversa telefônica publicada, são dadas por Siarhei Nikel, chefe do departamento de atividades de supervisão e execução. “Não deve ter nenhum colchão! Nem de dia nem de noite. Ou seja, eles devem dormir nas varas de ferro, como nas condições de uma cela de punição”, Nickel exigiu de seus subordinados.

Сергей Никель приказывал, чтобы «политических» селили в худшие камеры, к ним подселяли бездомных, лишали еды, корреспонденции и прогулок. Чтобы родственники не смогли передать заключенным передачи с продуктами и предметами первой необходимости, задержанных переводили из одного ИВС в другое.

BYPOL enfatiza que o algoritmo para as condições de detenção de presos políticos foi desenvolvido pelo ministro das Relações Interiores, Ivan Kubrakou.

Assim, pode-se argumentar que, de acordo com a Convenção sobre Tortura, em Belarus foi oficialmente aprovada a tortura contra civis.