2021-07-15
Sviatlana Tsikhanouskaya e Michael O’Leary.

Em uma reunião na Irlanda com Sviatlana Tsikhanouskaya, o CEO da Ryanair, Michael O’Leary entregou a ela seu relatório sobre os resultados da investigação do incidente com o pouso forçado da Ryanair em Minsk, em maio deste ano. Michael O’Leary também disse que a empresa está trabalhando com a ICAO, Polônia, Lituânia e Grécia para coletar materiais e evidências.

Tsikhanouskaya agradeceu ao diretor-geral por sua posição de princípios e se ofereceu para apoiar o ajuizamento de um processo internacional contra o regime de Lukashenka no caso de sequestro do avião.

O’Leary também concordou em considerar a proposta da Ryanair de vir a Minsk e às regiões de Belarus “após a vitória da democracia”.