2021-12-29
Portas lacradas do escritório de Minsk da Rádio Svaboda.

Em uma repressão contínua à mídia independente, o Ministério das Relações Interiores (polícia) de Belarus acrescentou o Serviço Belarusso da RFE/RL , conhecido como Rádio Svaboda, ao seu registro de “organizações extremistas” que está aumentando rapidamente. A medida significa que os belarussos que assinam a Rádio Svaboda online podem pegar até seis anos de prisão. Há três semanas, um tribunal de Minsk já havia classificado o canal oficial do Telegram da Rádio Svaboda e as suas contas nas redes sociais como “extremistas”.

O presidente da RFE / RL, Jamie Fly, disse: “Condenamos a campanha do governo belarusso para criminalizar o jornalismo honesto e privar o povo belarusso da verdade. Novamente rejeitamos veementemente esse rótulo ridículo imposto pelo regime”. O regime de Belarus declarou centenas de canais, blogs e chats do Telegram como “extremistas” desde o início dos protestos.