2022-03-22
Villa da família de Putin. Foto: Radio Svoboda

Siarhei Savelieu, de Belarus, passou 7 anos em uma prisão russa. Após sua libertação, ele entregou aos ativistas de direitos humanos imagens de vídeo de torturas de prisioneiros. Segundo a Rádio Liberty, ele está agora tentando fazer com que a vila de Alta Mira, na França, seja entregue aos refugiados da Ucrânia.

A vila pertence à filha de Putin, Ekaterina Tikhonova, e a seu ex-marido, o empresário Kirill Shamalov, filho de Nikolai Shamalov, que segundo a Reuters é um velho amigo de Putin e está na lista de sanções da União Européia, dos Estados Unidos e do Reino Unido.

A vila está localizada no sudoeste da cidade balneária francesa de Biarritz. Tem uma área de cerca de 300 metros quadrados e um jardim de 2.000 metros quadrados ao seu redor. O custo da vila é estimado em 3,7 milhões de dólares.

Sergei passou 24 horas na vila, mas mais tarde teve que sair a pedido da polícia francesa. Sergei e outros dois foram brevemente detidos, mas logo libertados sem acusações. Se as autoridades francesas aprovarem a transferência dessa moradia para os refugiados da guerra na Ucrânia e a repressão de Putin e Lukashenka, pelo menos 20 pessoas poderiam ser alojadas lá.