2021-07-17

A Estônia não nomeará um embaixador em Belarus, pois isso seria “um reconhecimento tácito da presidência de Aliaksandr Lukashenka”. A Estônia não considera Aliaksandr Lukashenka como o chefe de Estado legítimo, o que significa que o embaixador que apresentasse suas credenciais implicaria uma reversão nessa posição.

Uma alternativa à embaixada poderia ser a nomeação de um encarregado de negócios, ou manter um embaixador trabalhando em Tallinn e, portanto, não apresentar credenciais, ou continuar o trabalho da embaixada com menos funcionários sem novas nomeações.