2021-06-02
Aliaksandr Vassilévitch. Foto do acervo.

O famoso empresário Aliaksandr Vassilêvitch é coproprietário da holding publicitária Vondel/Hepta, dos sites kyky.org e the-village.me (ambos bloqueados em Belarus), bem como a galeria “Ў”, que cedeu as suas instalações gratuitamente para o armazém da iniciativa de voluntariado ByCovid19 para ajudar os médicos belarussos. Ele está há 10 meses na prisão, sob suspeita de sonegação de impostos. Mas é óbvio que as reivindicações das autoridades sobre Aliaksandr são políticas: ele estava na reunião com Lukashenka no centro de detenção provisória, quando esse se encontrou com seus principais oponentes políticos: Viktar Babaryka, Siarhei Tsikhanouski e outros representantes da oposição.

Durante a estada de Vassilêvitch na prisão, sua saúde piorou muito: ele adoeceu de COVID, seus olhos estão constantemente inflamados, os ligamentos de sua perna estão rompidos, ele precisa de uma cirurgia. Sua esposa Nadzeya Zeliankova com suas duas filhas foi forçada a deixar Belarus e ir para a Estônia. Na opinião dela, em Belarus não há justiça alguma. As pessoas são primeiro enviadas para a prisão e, em seguida, apresentam os motivos pelos quais foram enviadas para a prisão.